Coisas Sobre Mim

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Preciso de Alguém...

Que me olhe nos olhos quando falo.
Que ouça as minhas tristezas
e neuroses com paciência.
E, ainda que não compreenda, 
respeite os meus sentimentos.
Preciso de alguém, que venha brigar ao
meu lado sem precisar ser convocado; 
alguém Amigo o suficiente para 
dizer-me as verdades que não quero ouvir, 
mesmo sabendo que posso odiá-lo por isso. 
Nesse mundo de céticos,
preciso de alguém que creia, nessa coisa misteriosa,
desacreditada, quase impossível : - A Amizade.
Que teime em ser leal, simples e justo,
que não vá embora se algum dia eu
perder o meu ouro e não 
for mais a sensação da festa. 
Preciso de um Amigo que receba
com gratidão o meu auxílio, 
a minha mão estendida,
mesmo que isto seja muito
pouco para suas necessidades.
Preciso de um Amigo que 
também seja companheiro, 
nas farras e pescarias, 
nas guerras e alegrias,
e que no meio da tempestade, 
grite em coro comigo :
" Nós ainda vamos rir
muito disso tudo " e ria muito.
Não pude escolher aqueles
que me trouxeram ao mundo, 
mas posso escolher meu Amigo.
E nessa busca empenho a minha própria alma, 
pois com uma Amizade Verdadeira,
a vida se torna mais simples,
mais rica e mais bela . . . 

Charlie Chaplin

quarta-feira, 25 de abril de 2012

Que mérito há em amar quem se ama???

    "É fácil amar o outro na mesa de bar, quando o papo é leve, descontraído, o riso é farto e o chopp é gelado. É fácil amar o outro nas férias de verão, no churrasco de domingo, nas festas agendadas no calendário do de vez em quando, na badalação dos descolados, nos cruzeiros e viagens cheios de glamour.

Difícil é amar quando o outro desaba, quando não acredita em mais nada... E entende tudo errado... E paralisa e perde o charme, o encanto, a arte de seduzir, de fazer rir... É difícil amar o outro quando este perde a identidade, a coerência, a razão, o bom senso.

Difícil é permanecer ao seu lado quando seu pedido de ajuda, verbalizado ou não, exige que a gente saia do nosso egoísmo, do nosso sossego, da nossa rigidez, do nosso faz-de-conta, para caminhar humanamente ao seu encontro com o único objetivo de fazê-lo feliz, de ver um sorriso em seu rosto.

Difícil mesmo é amar quem não está se amando. "

Minha adaptação ao texto de Mayara Ribeiro

 Lembro-me de alguns refrão de músicas e até de um texto bíblico que me fazem refletir a respeito das palavras a cima, que é o texto de Mateus 5: 44 - 47:  No entanto, eu vos digo: Continuai a amar os vossos inimigos e a orar pelos que vos perseguem; Para que mostreis ser filhos de vosso Pai, que está nos céus, visto que ele faz o seu sol levantar-se sobre iníquos e sobre bons, e faz chover sobre justos e sobre injustos. Pois, se amardes aos que vos amam, que recompensa tendes? Não fazem também a mesma coisa os cobradores de impostos? E, se cumprimentardes somente os vossos irmãos, que fazeis de extraordinário? Não fazem também a mesma coisa as pessoas das nações?"

Ou seja, amar aqueles a quem todo mundo ama, é fácil, é igual, o que há de mérito nisso? Amar nossos amigos... Isso é o óbvio, o natural... Mas podemos fazer mais, podemos deixar nosso comodismo de lado para aprender a agir diferente com aqueles que não queremos tão bem, ou aqueles que por ventura nos causaram algum mal, ou ainda aqueles que estão com a estima baixa e sem amor próprio algum. Porquê não mostrar a estes as qualidades que possuem??? Ninguém disse que seria fácil, mas sempre é possível fazer o bem, por mais difícil que pareça.

Quanto as músicas que lembrei foram:

"...Amar não é ter que ter sempre certeza, é aceitar que ninguém é perfeito pra ninguém, é poder ser você mesmo e não precisar fingir, é tentar esquecer e não conseguir fugir, fugir..." Jota Quest - O que eu também não entendo.

"...Me disseram que você estava chorando e foi então que eu percebiiii, como lhe quero tanto..." Legião Urbana - Quase sem querer

segunda-feira, 23 de abril de 2012

The Reason / A Razão - Hoobastank


Eu não sou uma pessoa perfeita
Há muitas coisas que eu gostaria de não ter feito
Mas eu continuo aprendendo
Eu não queria fazer aquelas coisas com você
E então eu tenho que dizer antes de ir
Que eu apenas quero que você saiba

Eu encontrei uma razão para mim
Uma razão para eu mudar quem eu costumava ser
Uma razão para começar de novo
E a razão é você

Eu sinto muito ter te magoado
É algo com que devo conviver todos os dias
E toda dor que eu te fiz passar
Eu gostaria de poder retirá-la completamente
E ser aquele que segura suas lágrimas
Por isso é que eu preciso que você escute

Eu encontrei uma razão para mim
Uma razão para eu mudar quem eu costumava ser
Uma razão para começar de novo
E a razão é você
E a razão é você
E a razão é você
E a razão é você

Eu não sou uma pessoa perfeita
Eu não queria fazer aquelas coisas com você
E então eu tenho que dizer antes de ir
Que eu apenas quero que você saiba

Eu encontrei uma razão para mim
Para mudar quem eu costumava ser
Uma razão para começar tudo de novo
E a razão é você

Eu encontrei uma razão para mostrar
Um lado de mim que você não sabia
Uma razão para tudo o que faço
E a razão é você


Dedico essa música à um amigo muito especial há quem um dia fiz sofrer e infelizmente vivo com essa dor todos os dias e embora eu tenha conseguido dizer isso à ele e até já tenha escutado que me perdoou, sinto como se EU nunca fosse capaz de me perdoar, ainda que essas páginas já tenham sido viradas... À VOCÊ E SUA FAMÍLIA TODA FELICIDADE DO MUNDO, COMO DESEJO PARA MINHA FAMÍLIA E EU.

domingo, 22 de abril de 2012

Coisas e mais coisas... do que gosto mais???

Enquanto não encontro uma utilidade, um motivo válido para existência do meu Blog, até porque fui forçada à criá-lo, é sério... eu li a parte 1 duma história contada em um Blog como última publicação em 2010 e fiquei curiosa sobre a parte 2 e como de costume, lá fui eu deixar mensagens, mas é claro que tive que me cadastrar, uma vez cadastrada, como não responder tudo de novo sobre perfil e etc... Por sinal, acho que fazem isso de propósito... para pessoas como eu, que não conseguem não responder, grrrrrrrr... eu até quero sair daquela página, mas... puxa vida, é só uma perguntinha, dai começo eu e quando vejo já coloquei foto, senha e interesses e tudo mais. No entanto, enquanto busco uma razão, irei publicando mais coisas de Aline, considerando que gosto de muitas coisas, uma hora posso te agradar, não deixe de me visitar.

Beijos e Abraços sinceros e amigáveis à Todos!!!

Brincando de blogar...

Bem amigos, como podem perceber sou nova por aqui, inexperiente e desinformada, passei a noite pesquisando e me inteirando mais sobre blog's, portanto toda dica, sugestão, crítica e elogio que vier é muito bem vinda e serão de grande ajuda.

Por enquanto fica meu obrigada pela visita e um forte abraço.

Até mais, que preciso dormir...



Um dia você aprende... William Shakespeare




" Depois de algum tempo você aprende a diferença, a sutíl diferença, entre dar a mão e acorrentar uma alma. E você aprende que amar não significa apoiar-se, que companhia nem sempre significa segurança, e começa a aprender que beijos não são contratos, e que presentes não são promessas. Começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança. 
Aprende a construir todas as suas estradas no hoje, porque o terreno do amanhã é incerto demais para os planos, e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. Depois de um tempo você aprende que o sol queima se ficar exposto por muito tempo, e aprende que não importa o quanto você se importe, algumas pessoas simplesmente não se importam... aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, ela vai ferí-lo de vez em quando e você precisa perdoá-la por isso. 
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais, e descobre que se leva anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la, e que você pode fazer coisas em um instante, das quais se arrependerá pelo resto da vida; aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer mesmo a longas distâncias, e o que importa não é o que você tem na vida, mas quem você tem na vida, e que bons amigos são a família que nos permitiram escolher. 
Aprende que não temos que mudar de amigos se compreendemos que eles mudam; percebe que seu melhor amigo e você podem fazer qualquer coisa, ou nada, e terem bons momentos juntos. 
Descobre que as pessoas com quem você mais se importa na vida são tomadas de você muito depressa, por isso sempre devemos deixar as pessoas que amamos com palavras amorosas; pode ser a última vez que as vejamos. 
Aprende que as circunstâncias e os ambientes tem influência sobre nós, mas nós somos responsáveis por nós mesmos. Começa a aprender que não se deve compará-los com os outros, mas com o melhor que pode ser. Descobre que se leva muito tempo para se tornar a pessoa que quer ser, e que o tempo é curto. Aprende que não importa onde já chegou, mas onde se está indo, mas se você não sabe para onde está indo qualquer lugar serve.
Aprende que ou você controla seus atos ou eles o controlarão, e que ser flexível não significa ser fraco ou não ter personalidade, pois não importa quão delicada e frágil seja uma situação, sempre existem dois lados. Aprende que heróis são pessoas que fizeram o que era necessário fazer, enfrentando as conseqüências. Aprende que paciência requer muita prática. Descobre que algumas vezes a pessoa que você espera que o chute quando você cai é uma das poucas que o ajudam a levantar-se; aprende que maturidade tem mais a ver com os tipos de experiência que se teve e o que você aprendeu com elas do que com quantos aniversários você celebrou. 
Aprende que há mais dos seus pais em você do que você supunha. Aprende que nunca se deve dizer a uma criança que sonhos são bobagens, poucas coisas são tão humilhantes... e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso. 
Aprende que quando se está com raiva se tem o direito de estar com raiva, mas isso não te dá o direito de ser cruel. Descobre que só porque alguém não o ama do jeito que você quer que ame não significa que esse alguém não o ama com tudo o que pode, pois existem pessoas que nos amam, mas simplesmente não sabem como demonstrar ou viver isso. 
Aprende que nem sempre é suficiente ser perdoado por alguém; algumas vezes você tem que aprender a perdoar-se a si mesmo. Aprende que com a mesma severidade com que julga, você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos pedaços seu coração foi partido, o mundo não pára para que você o conserte. 
Aprende que o tempo não é algo que possa voltar para trás, portanto, plante seu jardim e decore sua alma ao invés de esperar que alguém lhe traga flores, e você aprende que realmente pode suportar... que realmente é forte e que pode ir muito mais longe depois de pensar que não se pode mais. 

Descobre que realmente a vida tem valor e que VOCÊ tem valor diante da vida! Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o bem que poderíamos conquistar, se não fosse o medo de tentar."